Voltar ao menu principal

SERRALHA

Resultado de imagem para serralha planta" 

 

Resultado de imagem para serralha planta"

Resultado de imagem para serralha planta"

      Resultado de imagem para serralha planta"              

SERRALHA: CONFIRA BENEFÍCIOS

Saiba mais sobre os benefícios da serralha e confira receitas deliciosas com essa PANC!

A serralha é uma planta alimentícia não convencional muito versátil. Seu sabor é ligeiramente amargo e ela pode crescer em praticamente todos os tipos de solo. Essa PANC pode ser consumida em diferentes pratos, cozida ou refogada. Ela possuiu diversos benefícios para a saúde: além de ajudar a desintoxicar o organismo e combater dores no estomago, tem ação adstringente, anti-inflamatória e de purificação do sangue. Por isso, que tal fazer deliciosas receitas com ela? Confira a seguir receitas com a serralha!

Com folhas de coloração verde clara, a serralha é uma planta anual, de pequeno porte, ereta e leitosa. Pouco ramificada, ela é originária do Norte da África, da Europa e da Ásia. Ela também pode ser encontrada na região Sul do Brasil.

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), a planta é composta por nutrientes como carboidratos, proteínas, fibras, cálcio, fósforo, manganês, magnésio, ferro potássio, cobre, zinco, sódio, vitamina B2, vitamina B6 e vitamina C. Segundo o Centro de Produções Técnicas (CPT), ela também é uma rica fonte de vitamina A, vitamina D e vitamina E. 

A serralha também é conhecida por outros nomes como Sonchus oleraceus, erva daninha, cerraia, chicória-brava, serralha lisa, serralheira e ciumo.

Para que serve? Quais benefícios se destacam?

A planta é conhecida por desintoxicar o fígado, combater a dor de estômago e por possuir ação desintoxicante, antimicrobiana, antidepressiva, antimalárica e de purificação do sangue. Vamos agora conhecer mais alguns dos benefícios da serralha.

– Auxílio ao tratamento de pessoas com peso abaixo do normal 

A planta pode ser útil para pessoas que sofrem com baixo peso e possuem dificuldades para engordar. Isso porque um de seus efeitos é o aumento de apetite. Obviamente, ela pode apenas dar uma força e quem sofre com o problema deve consultar um médico que irá prescrever o tratamento completo e eficaz para sanar a complicação.

– Colabora com o tratamento do vitiligo 

A Sonchus oleraceus é dotada de um aminoácido chamado fenilalanina, que contribui com o funcionamento das células dos pigmentos. Assim, ela pode auxiliar pessoas que sofrem com o vitiligo, uma doença caracterizada justamente pela perda gradativa da pigmentação da pele, que geralmente vem acompanhada do aparecimento de manchas pelo corpo.

Mais uma vez, a planta apenas pode auxiliar o processo, pois o ideal para os diagnosticados com a doença é seguir o tratamento indicado pelo médico.

Por outro lado, o fato da serralha possuir a fenilalanina faz com que ela seja proibida para pessoas diagnosticadas com fenilcetonúria. Isso porque as pessoas que possuem a condição não são capazes de quebrar a fenilalanina, já que seus organismos não produzem uma quantidade suficiente da enzima responsável por essa tarefa.

Ao consumir alimentos, bebidas ou substâncias com taxas significativas de fenilalanina, o risco é que o composto fique armazenado no corpo desses indivíduos e cause prejuízos como problemas mentais e lesões cerebrais.

– Problemas digestivos 

O chá de serralha é utilizado para tratar problemas digestivos, já que possui uma ação estimulante em relação à digestão. A planta atua no aumento da produção da bile, fluido responsável pela digestão de gorduras e absorção de nutrientes provenientes dos alimentos quando estes passam pelo intestino.

A indicação é consumir a bebida antes das refeições para combater a má digestão dos alimentos. Porém, você também deve solicitar ajuda médica caso sofra com problemas digestivos e certificar-se que seu fígado não está danificado antes de tomar o chá. Isso porque se ele não for capaz de se livrar do excesso de bile, pode surgir a icterícia, doença caracterizada pelo amarelamento da pele e dos olhos.

– Possui propriedades anti-inflamatórias 

Suas folhas são aplicadas em forma de um cataplasma para tratar inchaços no corpo, associados a problemas inflamatórios. O cataplasma feito com a serralha também é indicado para o alívio de dores reumáticas.

·         Veja também: Reumatismo tem cura? O que é, sintomas e tratamento

– Dotada de propriedades tônicas

Isso significa que a Sonchus oleraceus estimula a resposta imunológica do organismo, o que é importante para a prevenção e o tratamento de doenças. As plantas com propriedades tônicas, como é o caso da serralha, diminuem a fraqueza e a sensação de cansaço, estimulam a produção de células e recuperam tecidos que sofreram danos.

– É antioxidante 

A planta possui propriedades que combatem os radicais livres que promovem o envelhecimento precoce e são causadores de graves problemas de saúde como câncer, doença no coração e artrite.

– Tem propriedades sedativas

A serralha age como um sedativo natural, trazendo um efeito calmante e de relaxamento que pode ser útil para pessoas que sofrem com ansiedade e têm dificuldade para dormir. Tomar um chá de Sonchus oleraceus pode colaborar para ter uma noite de sono de maior qualidade e descansar melhor.

Entretanto, se o seu problema para relaxar e descansar é persistente, além de experimentar plantas sedativas como a serralha, é aconselhável que você procure auxílio de um médico.

Como plantar 

A serralha pode ser cultivada em campos abertos ou hortas. Ela não exige determinado tipo de clima ou solo, entretanto, desenvolve-se melhor em locais relativamente úmidos, com clima ameno, sem exageros na temperatura e em solos férteis, bem drenados, ricos em matéria orgânica com pH entre 5,5 e 6,5. Sua colheita ocorre durante o ano todo, na floração.

As sementes devem ser plantadas em seu local definitivo na horta ou em canteiros, sementeiras e outros recipientes como vasos e jardineiras que tenham no máximo 1 cm de profundidade. O espaçamento entre as plantas deve ser de 30 cm e o transplante das mudas acontece quando elas tiverem no mínimo quatro folhas verdadeiras.

A serralha deve ser cultivada de modo que receba iluminação solar direta pelo menos durante algumas horas do dia. Já sua irrigação deve manter o solo sempre úmido, porém, sem deixá-lo encharcado. As plantas invasoras que estiverem concorrendo com a serralha por recursos e nutrientes devem ser retiradas do local.

Recomenda-se que sua colheita seja realizada preferencialmente antes do aparecimento das flores, ainda que essas também possam ser utilizadas. A planta adulta rebrota novamente caso suas raízes não tenham sido removidas.

É possível realizar a colheita individual das folhas aproximadamente dois meses depois do plantio, estendendo-se por alguns meses. A regra é colher somente as folhas que estiverem bem desenvolvidas.

A planta ainda pode ser encontrada para comprar em feiras livres ou lojas especializadas na venda de produtos naturais.

Como usar 

Toda a serralha pode ser utilizada em preparações como chás, cataplasmas, saladas e sopas. Confira abaixo uma receita de chá de serralha para combater a má digestão:

Ingredientes: 

·         2 colheres de sobremesa de serralha picada;

·         2 xícaras de água fervente.

Modo de preparo:

1.   Adicionar a serralha picada em uma panela com a água fervente;

2.   Deixar repousar por 10 minutos e o chá estará pronto. A recomendação é consumir a bebida antes das refeições.