Voltar ao menu principal

PRIMAVERA:como montar uma loja virtual

Resultado de imagem para primavera planta"

 

Resultado de imagem para primavera planta"

Resultado de imagem para primavera planta"

Resultado de imagem para primavera planta"

Chá medicinal primavera, excelente para dietas

 

Prepare o seu Chá medicinal Primavera, especialmente se estiver em regime de dieta. Este chá é bastante diurético e, pode bebê-lo sem açúcar ou então adicionar adoçante, é excelente para dietas.

Flores têm ação antioxidante, analgésica, calmante e podem até auxiliar na perda de peso

Mais do que um período de contemplação, a chegada da primavera também é um ótimo momento para aproveitar o que as flores têm de mais nutritivo e benéfico para a saúde

Cores vivas e um bom perfume começam a tomar conta das ruas e dos jardins. Mais do que um período de contemplação, a chegada da primavera também é um ótimo momento para aproveitar o que as flores têm de mais nutritivo e benéfico para a saúde. Hibisco, calêndula, capuchinha, jasmim e tantas outras podem se tornar verdadeiras aliadas na prevenção de doenças e melhoria de funções do organismo.

Entre as mais badaladas está a de hibisco. Rica em antocianinas, substância que apresenta importante ação antioxidante, o chá da flor pode auxiliar na redução dos riscos de doenças cardiovasculares (veja quadro). “Hoje é a que mais utilizamos no consultório. O hibisco também é considerado um elemento desintoxicante”, explica a nutricionista Simone Lintariami Brasil. No dia a dia, vários alimentos – principalmente os industrializados – se encarregam de aumentar a acidez do organismo, abrindo brechas para doenças. Os desintoxicantes entram como armas para equilibrar o pH e proteger o corpo.

“Utilizamos o hibisco também para emagrecimento, já que é um termogênico capaz de provocar a queima de gordura corporal e aumentar o gasto calórico. Mas claro que tem que estar associado a um plano alimentar de perda de peso”, alerta Simone. E os benefícios não param por aí. Por apresentar ação diurética, o chá pode contribuir para eliminar líquidos retidos no organismo e auxiliar ainda mais no processo de emagrecimento. Há ainda mucilagens na flor que podem contribuir para saciedade. Vale lembrar que não é qualquer hibisco que pode virar chá. É preciso ser da espécie sabdariffa, encontrada em lojas especializadas. O ideal é tomar um litro ao longo do dia

Outro grande aliado é o dente-de-leão. Além de desintoxicante, tem ação depurativa ou seja, ajuda a eliminar resíduos tóxicos do organismo. “É como se ajudasse a limpar o sangue prevenindo aterosclerose, artrose e outras doenças, além de combater os distúrbios menstruais. Também auxilia no tratamento de doenças do fígado”, pontua Simone.
Presença garantida em pratos mais sofisticados, a capuchinha traz mais do que cor e beleza à comida. É uma ótima fonte de vitamina C que tem diversas propriedades, entre elas antibiótica, expectorante, digestiva e diurética. “Pode ser picada e misturada na salada. O azedinho no final é característico da vitamina C”, explica Simone.

FORMA DE CHÁ
Mais práticos e fáceis de serem preparados, os chás podem ser ótimas alternativas para tirar proveito dos nutrientes encontrados nas flores. A nutricionista Thais Souza, da Rede Mundo Verde, explica que as opções disponíveis no mercado são na forma desidratada, que devem passar por um processo de infusão antes do consumo. “Os chás obtidos a partir de flores devem ser preparados por infusão. Joga-se água fervente sobre a erva e, em seguida, coloca-se um pires sobre a xícara para abafar o líquido. É preciso aguardar de 5 a 10 minutos. Depois basta coar e o chá já pode ser consumido”, orienta.


Se o calor dificulta o consumo da versão quente, Thais garante que os chás gelados também carregam os benefícios esperados. “Ele só não pode ser reaquecido. Uma opção para aqueles que não gostam ou não toleram o sabor do chá puro é adicionar casca de limão ou laranja, canela em pau e gengibre ou ainda bater a fruta de sua preferência com o chá, preparando um ‘suchá’”, aconselha.

Gestantes, crianças e mulheres que estão amamentando devem buscar orientação médica antes de consumir qualquer versão dos chás de flores. Na hora de escolher o produto, valem algumas dicas para evitar aqueles que possam trazer algum tipo de efeito colateral. “Opte por fornecedores confiáveis, que trazem na embalagem todas as informações do fabricante. Não consumindo chás de plantas a granel, que não se sabe a procedência, não teremos problema”, garante a nutricionista da rede Mundo Verde. Pegar direto do jardim e consumir também exige cuidados. O ideal é buscar o produto com procedência.