Voltar ao menu principal

Panacéia

 

http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTBXgaf7FJNlGxCLVp--w2UNWnrGon2we_JkQ9K2_B49IqDRiIJWg

http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTBXgaf7FJNlGxCLVp--w2UNWnrGon2we_JkQ9K2_B49IqDRiIJWg

Resultado de imagem para chá de Panacéia  para que serve"

Panacéia

Descrição :   da família das solanacear, arbusto grande e perene, ramos com pêlos pardacentos e compridos; folhas alternas, oblongas e coriáceas; fruto baga globosa e amarela. Arbusto que medra nos Estados do   e Minas Gerais. Folhas grandes, alternas, obo-vais, pecioladas.   em cimeiras. O fruto é um baga lisa, amarela.

Origem : América do Sul.

Plantio : Multiplicação: por sementes e estacas do caule ou raiz;

Cultivo: planta brasileira, ocorre em todo o país, principalmente ES, MG e BA. Prefere solos secos e arejados, arenoargilosos e com alguma matéria orgânica. O plantio deve ser feito no início da primavera em espaçamento de 1 metro entre plantas.

Colheita: colhem-se as folhas o ano todo.

Propriedades : hemostática (raiz), desobstruente do fígado (folhas e flores), sudorífera, diurética e depurativa. Usada para meléstias de pele e reumatísmo.

Indicações : As folhas torradas substituem o chá da índia, é calmante do  , as folhas frescas são forrageiras. desobstruir o fígado, provocar suor, depurar o sangue doenças de pele e reumatismo.

Principios Ativo : Sem referência até o momento.

Modo de Usar : infusão - de 1 colher de sopa de folhas flores em 1 xícara de chá de água. Tomar 2 a 3 vezes ao dia é diurético. decocçãode 1 colher de sopa de raízes em 1 xícara de chá de água, tomar 2 a 3 vezes ao dia.

Contra-indicações/cuidados: não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

Referência :

A Cura pelas Ervas e Plantas Medicinais Brasileiras - Ricardo Lainetti e Nei R. Seabra de Britto - Editora Ediouro. 1979.
Plantas que Curam - Cheiro de Mato. Sylvio Panizza - IBRASA. 1997.
CIAGRI - Banco de plantas medicinais, aromáticas e condimentares da Universidade do Estado de São Paulo.
Plantamed - Grande cadastro de plantas e ervas medicinais.

É muito comum as pessoas dizerem: "Você conhece tal planta? Ela é tão boa que serve para tudo", "Veja bem, não é bem assim! Ela até pode ser boa para muitas doenças, mas não podemos dizer que ela é boa para tudo (até existe uma planta com este nome “paratudo”). Se ela fosse realmente boa para todas as doenças, não precisaríamos das outras, não é verdade?" Mas a população é assim mesmo. Ao mesmo tempo em que é detentora de uma sabedoria infinita, às vezes meio que exagera um pouco, e aí é necessário o bom senso para saber até onde podemos acreditar em suas afirmações. Na área farmacêutica também existem situações em que se diz que o fitoterápico “serve para tudo”: o termo é panacéia. Sendo assim, tecnicamente panacéia é aquele fitoterápico que teoricamente serve para uma infinidade de doenças.

Mas afinal de contas em que situações podemos empregar a panacéia? Basicamente as pessoas a utilizam para problemas renais. Possui ação diurética, é muito indicada para pedras nos rins e até mesmo infecção urinária. Como apresenta uma ação depurativa, pode ser empregada para uma série de doenças, como úlceras cutâneas, doenças de pele, urticária e eczemas. Antigamente também era muito utilizada em doenças venérias e até mesmo no tratamento da gonorréia. Ainda hoje é empregada para reumatismo, distúrbios uterinos, como calmante para pessoas com problemas de coração. Também possui ação para desobstruir o fígado, facilitando os processos digestivos, além de possuir ação hemostática. Acredito que devido a tantas ações é que as pessoas acabam dizendo que serve para tudo (panacéia). Antigamente pegavam suas folhas, davam uma leve tostada no forno a lenha e preparavam um chá que diziam que era muito saboroso. Provavelmente pelo fato de ser aquecida, seus óleos se evaporavam e o sabor do chá ficava bem melhor. Mas o que importa é que podemos nos beneficiar muito das qualidades desta planta que é nativa do Brasil e encontrada principalmente na região sudeste e sul. Seu aroma é muito intenso na hora de preparar o chá e muitas pessoas acabam desistindo do tratamento, reclamando do seu sabor, mas elas não sabem o que estão perdendo. Poderoso diurético, útil na obesidade e nas moléstias do útero, da bexiga e da uretra.

Chá de panaceia elimina as toxinas do sangue

Existem duas formas de fazer esse chá: infusão das folhas e flores ou decocção das raízes

A adesão de produtos naturais tem se tornado uma prática muito comum na vida das pessoas, isto porque elas acreditam que tal medida seja eficiente para diversos problemas de saúde e não cause respostas negativas ao organismo.

Por esta razão, o ramo de lojas naturais tem crescido, bem como a proposta de ter em casa sua própria horta. Mas, em meio a tantas opções de plantas benéficas, fica a dúvida sobre qual usar. Um exemplo é a panaceia, erva com diversos princípios ativos capazes de melhorar a qualidade de vida do consumidor.

No entanto, para aproveitar os benefícios desta planta é preciso preparar um chá. Neste caso, há duas possibilidades que devem seguir o passo a passo para que o paciente consiga desfrutar de uma melhora no quadro clínico.

O chá da panaceia pode depurar o sangue porque consegue eliminar as toxinas

Existem duas formas de usar a planta em forma de chá (Foto: Reprodução/Unesp)

Propriedades medicinais da panaceia

·         Hemostática;

·         Desobstruente do fígado;

·         Sudorífera;

·         Diurética;

·         Depurativa;

·         Antisséptica.

·         Veja também: Chás para tratar a má circulação do sangue

Benefícios da planta

Diante de tantas propriedades, esta erva pode ser usada no tratamento de problemas no fígado. Também pode ser usada para depurar o sangue, ou seja, eliminar as toxinas presentes na corrente sanguínea.

Panaceia é conhecida ainda como calmante do coração. Provoca suor e elimina doenças de pele e as dores do corpo causadas pelo reumatismo. Por ser diurética, a planta pode ser usada para eliminar problemas no sistema urinário.

Modo de usar a panaceia

Existem duas formas de fazer o chá de panaceia, através da infusão das folhas e flores ou da decocção das raízes.

Na primeira situação, você precisa de uma xícara de água fervente e uma colher de sopa das folhas e flores da planta. Misture os ingredientes e tampe o recipiente, deixando abafado por 10 minutos. Finalize coando e bebendo o chá até três vezes por dia.

Veja tambémChá de bacabunga para purificar o sangue

A segunda receita é um pouco mais complexa porque tem mais passos a seguir. Primeiro amasse as raízes da panaceia. Em seguida, leve o resultado destas partes para o fogo junto com uma xícara de água. Deixe ferver e após o processo de ebulição, desligue, coe e beba no máximo três vezes por dia.

Pedido Fone: 43 3325 5103