Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\Ervas Londrina\index_arquivos\image002.jpg

Voltar ao menu principal

Nó de cachorro

 

Descrição: http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSVRSk_qkmAguqRcCehTH5G_Awvsm5abjhn4VkM6aO6AjDlwoIPLg

Descrição: http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSayCGeqSIYZQf6TZFru9d37pz3kUnieJ8ejc7vASo5-3Q90eamlg

Descrição: http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQ8g304hGmuBk-qJDZxDCPbYVcT8tNyu4dWzucwuw17a4uszmml

NÓ DE 

Heteropterys aphrodisiaca


Descrição : Ocorre em cerrados em solos distróficos sob cerradão, borda de cerradão, capões e caronal, em solos não alagáveis e arenosos. É tolerante às queimadas e tem ocorrência aumentada com o desmatamento. Ocorrência nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

A planta apresenta crescimento arbustivo, com altura variando entre 0,5 a 2,0 m. As folhas possuem pecíolo canaliculado, grosso, com margem ciliada, ápice agudo, base arredondada, levemente contraída, provida de duas glândulas; margem inteira, com até 12 cm de comprimento e 6 cm de largura.

A inflorescência é racemosa, reúne   perfeitas, amarelas, com cerca de 15 mm de diâmetro de corola. Apresentam antese diurna e vida útil aproximada de 6 horas. Oferecem como recurso aos visitantes (abelhas, formigas e pulgões) pólen e óleo acumulado em glândulas presentes no cálice.

Os frutos são do tipo esquizocarpos ou sâmaras (simples, seco, indeiscente, pluricarpelar; cada carpelo, na maturação, separa-se dos demais formando um fruto parcial, provido de uma ou mais alas), com uma única semente posicionada na porção distal. A espécie é mantida pela produção de sementes com origem sexuada, não existindo evidências de propagação vegetativa entre seus indivíduos

Propriedades : Afrodisíaco, depurativa, tônica.

Indicação : É usada para ácido úrico, fortalecimento dos ossos, debilidades nervosas, anti-desintérica, doenças venéreas, males oftálmicos (catarata e conjuntivite), males uterinos, fortalecimento muscular e eczemas na pele.

É considerada uma planta com propriedades rejuvenescedoras. É famosa em Mato Grosso cachaça com raiz de nó-de-cachorro, tomada diariamente pelos pantaneiros. O vinho com as raízes de nó-de-cachorro é utilizado também pelas mulheres no período da menopausa.

Principios Ativo : Estão presentes nas raízes polifenóis, taninos condensados e hidrossolúveis, alcalóides, glicosídeos flavônicos e glicosídeos aromáticos simples, glicosídeos cardiotônicos e saponinas.

A atuação do extrato das raizes de H. aphrodisíaca no sistema nervoso de roedores jovens e idosos foi constatada por Galvão (1997) e Galvão et al (2000). Palazzo (2000) verificou o efeito cicatrizante do extrato das raizes em ratos ulcerados e Santos e Carlini(2000) verificaram efeito afrodisíaco e melhoria na   dos ratos idosos tratados com a dose de 50 mg/kg do extrato de raizes BST0298.

Modo de Usar : As raízes são fixadas em aguardente (afrodisíaca) e vinho (depurativo do sangue). O chá é indicado para agravos como diabetes, diarréia, gripe, infecções: intestinal e renal.

O   com folhas em decocção é para o fortalecimento muscular de crianças e idosos, aplicado nos membros inferiores, envolvendo-os com faixa durante a noite.

Recomenda-se a dose de 1 cálice pequeno pela manhã tanto da cachaça como do vinho.

Tem potencial ornamental e é forrageira casual.

Contra-indicações/cuidados: não encontrados na literatura consultada. Porém nenhuma planta deve ser consumida em excesso e nenhum tratamento deve ser feito sem orientação médica.

 

Pedido Fone: 43 3325 5103