image002

Voltar ao menu principal

MALVA BRANCA / ALTEIA

 

Resultado de imagem para malva chá

Althaea officinalis L.
Família das Malváceas

Nomes Vulgares: Malvaísco, malva-da-índia, malvões, malva-branca, alteia.

Habitat e Distribuiçào:
Planta herbácea perene da Europa, cresce nas margens de lagoas e em
prados úmidos.

Partes Utilizadas:

Raízes, por vezes as folhas e flores.

Farmacologia e Atividade Biológica
As propriedades anti-inflamatórias, emolientes e béquicas são atribuidas
às mucilagens, particularmente abundante na raiz, tendo ação reguladora do
trânsito intestinal

Usos Etnomédicos e médicos
Tosse seca, gripe, bronquite; irritação da mucosa do tubo digestivo,
como estomatite, faringite, gastrite, úlcera gastroduodenal, síndrome do cólon irritável, ostipação ou diarréia. Em uso tópico nas queimaduras, abcessos, furúnculos e outros processos
inflamatórios cutâneos.

Principais Indicações
Tosse, bronquite e inflamações orofaríngeas, como lenitivo nas gastrites.

Usos Aprovados
Irritação da mucosa oral e faríngea associada a tosse seca

Contra Indicações
O teor elevado de mucilagens pode reduzir a absorção de medicamentos tomados via oral

Efeitos Secundários
Não são conhecidos

Precauções

Quando é prescrita a diabéticos, deverá ter-se em conta a glicemia, para ajustar se
necessário as doses de insulina ou dos antidiabéticos orais

Observações
Pode ser usada conjuntamente em infusões e cozimentos de plantas com um
elevado teor em taninos, para evitar o aparecimento de perturbações gástricas
quando essas plantas são prescritas.

Formas de Administração e Posologia
Uso interno
A dose média diária para a raiz é de 6g e para as folhas, 5g.
- Cozimento(raiz): 1 a 2g por xícara, 3 xícaras por dia.
- Infusão (folhas e flores): 1 a 2g por xícara, 3 ou mais xícaras por dia.
- Extrato Seco (5:1): 0,5-1g por dia, 2 ou 4 vezes por dia.
- Xarope: 5% de extrato fluido, 4 ou mais colheres por dia
Uso Externo
- Cozimento(raízes) 20 a 30g/l