image002

Voltar ao menu principal

ERVA-TOSTÃO

 

http://farm4.static.flickr.com/3074/2618230948_62944803bd.jpg

http://www.agrolink.com.br/agromidias/problemas/g/Boerhavia_diffusa88.jpg

http://www.agrolink.com.br/agromidias/problemas/g/Boerhavia_diffusa84.jpg

 

http://www.chaecia.com.br/loja/img_prod/111058/180_1206_2.jpg

ERVA-TOSTÃO

 

Nome científico: Boerhavia diffusa L.

 

Família: Nyctaginaceae.

 

Sinônimos botânicos: Boerhavia adscendens Willd., Boerhavia caribaea Jacq., Boerhavia coccinea Mill., Boerhavia decumbens Vahl., Boerhavia erecta L., Boerhavia hirsuta Willd., Boerhavia glandulosa Anderson., Boerhavia paniculata Rich., Boerhavia patula Dombey ex Vahl., Boerhavia polymorpha Rich., Boerhavia viscosa Lag. & Rodr., Boerhavia repens L.

 

Outros nomes populares: agarra-pinto, amarra-pinto, batata-de-porco, beldroega-grande, bredo-de-porco, celidônia, pega-pinto, solidônia, tangará, tangaracá.

 

Constituintes químicos: ácido boerhávico, amido, boerhavina, lipídeos, matéria sacarina, sais inorgânicos (nitratos), substâncias pécticas e gomosas.

 

Propriedades medicinais: antiblenorrágica, antidispéptica, anti-hidrópica, antileucorréica, antinefrítica, desobstruente, diurética, peitoral.

 

Indicações: afecções hepáticas, albuminúria, anúria, baço, béri-béri, cálculo biliar, cistite, congestão hepática, dispepsia, distúrbio estomacal, edema, engorgitamento do baço, febre biliosa, fígado, hemoptise, hepatite, icterícia, nefrite, nervosismo, picada de cobras, vesícula biliar, retenção de urina, uretrite, vias urinárias.

 

Parte utilizada: toda

 

Contra-indicações/cuidados:  

 

Efeitos colaterais: 

 

Modo de usar: 

-decocção de 20g de raíz fresca ou 10g de raiz seca em um litro de água. Depois que ferver deixe durante 10 a 15 minutos. Após, tapar e deixar esfriar. Tomam-se 4 a 5 xícaras ao dia.