image002

Voltar ao menu principal

ENDRO

Resultado de imagem para endro cha para que serve"

 

Resultado de imagem para endro cha para que serve"

Resultado de imagem para endro cha para que serve"

Resultado de imagem para endro cha para que serve"

Você sabe o que é endro? Conheça os benefícios dessa erva na nossa alimentação

Com o nome científico de Anethum Graveolens, o endro é uma planta que entrega vários benefícios para a saúde. Embora não seja tão conhecida no Brasil, essa erva muito popular na culinária escandinava e europeia tem começado a ganhar seu espaço entre aqueles que procuram seguir uma alimentação saudável e nutritiva por ser rica em fibras, vitaminas e sais minerais.

Faz parte do time que ainda não conhece as vantagens de apostar nesse ingrediente? Confira a matéria para saber mais detalhes sobre ele.

Faz bem para a digestão

Por ser rico em fibras, uma das maiores vantagens do endro é justamente para a digestão. Isso porque ele acelera o metabolismo e aumenta a sensação de saciedade no organismo, impedindo as beliscadas indevidas entre uma refeição e outra.

Além disso, outro benefício é controlar os níveis de açúcar no sangue e reduzir o colesterol ruim - o que o torna um aliado para combater a diabetes e problemas ligadas ao sistema cardiovascular.

Aumenta a imunidade

Dentre as vitaminas que fazem parte da composição do endroa principal é a vitamina C. Por isso, outra vantagem de apostar na erva é o aumento da imunidade - já que ela é capaz de estimular uma maior produção de glóbulos brancos.

Por ainda contar com a ação do ferro - que é absorvido ainda melhor pelo organismo graças à presença da vitamina C -, o endro também funciona como um importante remédio para prevenir e tratar problemas como a anemia.

E vale lembrar que este nutriente também entrega outros benefícios para o organismo - como ajuda contra o estresse e combate ao envelhecimento precoce por conta da sua ação antioxidante.

Rico em antioxidantes, como os flavonoides

Além da vitamina C, o endro também conta com a ação de outros antioxidantes - como os flavonoides. Eles também combatem o envelhecimento precoce ao impedirem a ação dos radicais livres, mas não para por aí: dentre suas principais vantagens está a ação anti-inflamatória, analgésica e o combate a células cancerígenas.

É usado para fins medicinais

O endro, mais especificamente seu chá, também é usado como um remédio natural para diversos fins. Ele ajuda, por exemplo, a diminuir a cólica intestinal em recém-nascidos, a aliviar dor de dente, é um aliado contra insônia, ajuda a tratar resfriados e gripes, e até melhora inflamações nos olhos.

No entanto, apesar de todos os benefícios, ele tem algumas contra-indicações: ele não é recomendado para grávidas por estimular a menstruação, e pode causar alergias em pessoas que apresentam reações a plantas da família da cenoura.

Chá de endro para cólica do bebê

     Ola mamães,eu sou mãe de duas meninas ,uma de 1 ano e meio e outra de 48 dias. Passei mto dificuldade cm minha primeira filha devido a cólica ,dei de tudo chá de erva doce,colikds,colicalm,amarrei fralda na entrada da ksa kkk fiz tudo possível p acabar ou melhorar a cólica Dela,mas não consegui foi até uns 4 meses
Da minha segunda filha descobri o chá de endro Esse sim tem dia q ela não senti nada,e às vezes q senti e bem pouco que nem chora só espreme fraquinho.pesquisem sobre isso.
mas eu faço assim
250ml de água QUENTE 
1 colher de chá de semente de endro
e pra da um soninho coloco 1 colher de chá de erva doce 
ferva a água apague o fogo e coloque as sementes e abafe pôs uns 10 min. Deixe morninho pra q o bebê possa tomar ,de umas 3x ao dia esses 250ml
espero ajudá-la pq pra mim era um desespero.

Erva-doce: 10 indicações de uso e benefícios comprovados

erva doce

erva-doce (Pimpinela anisum), também chamada de anis, é uma planta aromática e melífera (que atrai abelhas) da família das Apiaceae onde também estão o endro (Anethum graveolens), o cerefólio (Anthriscus cerefolium), o aipo (Apium graveolens), o coentro (Coriandrum sativum), o cominho (Cuminum cyminum), a cenoura (Daucus carota), o funcho (Foeniculum vulgare), a salsinha (Petroselinum crispum), dentre as mais usadas na culinária.

Dentre as plantas da família Apiaceae, as diferenças mais claras estão nos bulbos (da erva-doce, do aipo e nas raízes, da cenoura), nas folhas (da salsinha e do coentro) mas, as flores e as folhas do funcho, do endro, da erva-doce e da cicuta são por demais idênticas então, antes de colher no campo, certifique-se bem do que é que está colhendo para comer.

erva-doce é uma planta medicinal usada a muitos séculos para tratar problemas de digestão difícilgases intestinaisdificuldades hepáticas, renais e também, para lavagem do globo ocular, caso em que tem ótimos resultados em pessoas com vista seca.

Esta planta tem as seguintes propriedades nutricionais descritas: é rica em vitamina Cpotássiomanganêsferroácido fólico e fibras e tem como propriedades farmacológicas ações carminativa, antiespasmódica, anti-inflamatória, antimicrobiana, expectorante, diurética, emenagoga, depurativa, antioxidante, antifúngica, antiviral e outras.

A erva-doce também é rica em fito-nutrientes e óleos aromáticos.

Indicações de uso e benefícios da erva-doce

Digestão, cólicas dos bebês, gases e outros incômodos do trato digestivo.

1. O uso mais amplo da erva-doce é para atenuar as cólicas dos bebês de peito – um chazinho de erva-doce ajuda a criança a expelir os gases, reduz os espasmos da mucosa intestinal, alivia o movimento peristáltico e, de quebra, induz a um sono tranquilo. Este é um uso consagrado por mães e avós de todos os tempos, não há dúvidas.

2. Mastigar sementes de erva-doce (na verdade, o que nós chamamos de semente, na erva-doce, é o fruto desta planta) melhora o hálito, descongestiona a mucosa bucal, alivia a garganta inflamada e reduz processos infecciosos bucais por seu efeito antimicrobiano.

3. Promove a diurese e, consequentemente, reduz inchaços de todo tipo, alivia a sobrecarga dos rins, ajuda nos tratamentos de infecção urinária e, se você usar o chá desta planta em compressas sobre os olhos, reduzirá também as pálpebras inchadas de muito cansaço.

Leia aqui sobre os remédios caseiros mais usados pelos brasileiros e o uso da erva-doce, entre outras.

4. Na menstruação e pré-menstruação, a erva-doce sempre é de grande valia pois, com a sua riqueza em fitoestrógenos, esta planta promove a regulagem do ciclo e do fluxo, ajuda nos distúrbios da menopausa e dores nas mamas e, por outro lado, como emenagoga, esta erva contribui para a maior produção de leite das lactentes.

5. A erva-doce também tem ação expectorante que, junto com suas propriedades anti-inflamatórias e anti-microbianas, tem bom efeito nos casos de catarro associados a tosse, gripe e congestão nasal.

6. A riqueza em potássio da erva-doce se constitui como suplemento que ajuda nos casos de pressão arterial elevada e o aumento das taxas de colesterol, ação combinada com a vitamina C que é um poderoso antioxidante e com as fibras, que limpam o trato intestinal carregando o excesso de gordura ingerida para o bolo fecal.

7. Para os olhos, a erva-doce é boa de diversas maneiras: reduzir a pressão intraocular e promover a dilatação dos vasos sanguíneos, prevenir e tratar o glaucoma, prevenir a retinopatia dos diabéticos e, na lavagem ocular, tratando conjuntivites e outras inflamações. Esses benefícios serão efetivos caso você ingira, diariamente, chá de erva-doce, o que é muito gostoso após as refeições e antes de dormir. Para usar a erva-doce nos olhos, coe o chá e ponha em um conta-gotas, que deverá ser guardado na geladeira.

8. Comer erva-doce, as sementes ou o bulbo, favorecem a memória e o bom funcionamento cerebral pelo aumento do desempenho cognitivo, dados os elevados níveis de potássio que a planta contêm. O suco de erva-doce, fresco, tem ação vasodilatadora e promove o aumento da oxigenação cerebral. Por outro lado, o uso desta planta é um alívio certo em casos de depressão.

9. Muitos estudos indicam que a erva-doce é um potencial combatente a diversos casos de câncerLeia aqui sobre a ação anti-câncer e causadora de apoptosis nas células cancerígenas.

10. Ter erva-doce plantada, nos canteiros ou em vasos na varanda é um ótimo recurso para espantar insetos, leia aqui neste nosso artigo e conheça as outras plantas que também ajudam, no caso de pernilongos, moscas e mosquitos adorarem voejar na sua área.