image002

Voltar ao menu principal

CURCUMÃ

 

Clique para fechar!

Zedoária – Curcuma zedoaria

10 Benefícios da cúrcuma, como usar e seus efeitos no corpo

 

Resultado de imagem para como fazer chá de curcuma"

Na medicina tradicional chinesa a cúrcuma (Curcuma longa) tem sido usada para ajudar na digestão e função hepática, aliviar dores da artrite, e regular a menstruação. Cúrcuma também tem sido aplicada diretamente sobre a pele para eczema e feridas. Hoje em dia, cúrcuma é utilizada para condições como azia, úlceras estomacais, e cálculo biliar. Também é usada para reduzir inflamação, e prevenir e tratar câncer.

A Curcuma (Curcuma longa) é uma planta medicinal também conhecida como Cúrcuma, Curcumã, Falso-Açafrão, Açafrão, Gengibre-Amarelo, Açafrão-da-Terra, Açafrão-da-Índia, Batatinha-Amarela, Turmeric Curcuma (inglês) e Jiang Huang (chinês). Pertence a família Zingiberaceae.

Usos Tradicionais: amenorréia, anemia, artrite, asma, cálculos biliares, câncer, candidiase, catarro, coágulos no sangue, colesterol alto, contusões, disenteria, dismenorréia, doença de vesícula biliar, doenças do coração, eczema, faringite, feridas, flatulência (gases intestinais), gastrite, hepatite, icterícia, inchaços, indigestão, irritação intestinal, náuseas, obesidade, psoríase, tosse, traumas, tumores uterinos.

Propriedades Medicinais: adstringente, analgésico, antibacteriano, anticoagulante, antifúngico, antiinflamatório, antioxidante, anti-séptico, aromático, colagogo, estimulante, tônico circulatório, tônico digestivo, emenagogo, hepato-tônico, vulnerário.

A Curcuma é uma fonte natural de curcumina (curcumin). A curcumina ajuda a estabilizar a microbiota do corpo, inibindo o desenvolvimento excessivo de bactérias no corpo. Melhora os locais de recepção de cortisol no corpo e suas propriedades antiinflamatórias são consideradas tão efetivas quanto as cortisonas (o cortisol é um hormônio corticosteróide produzido pela glândula supra-renal que está envolvido na resposta ao estresse; ele aumenta a pressão arterial e o açúcar do sangue, além de suprimir o sistema imune. A forma sintética, chamada de hidrocortisona é uma medicação principalmente usada para o combate a alergias e inflamações).

A Curcuma previne a agregação de plaquetas pelos vasos sanguíneos, o que pode conduzir a formação de coágulos perigosos para a saúde. Além disso, a Curcuma ajuda a proteger o fígado e é excelente para desintoxicar o mesmo de substâncias químicas tóxicas. A Curcuma longa ajuda a proteger o corpo dos efeitos da fumaça e outros poluentes. Estudos recentes tentam provar a eficácia da Curcuma longa contra a formação e progressão do câncer.

Na medicina popular, é usada em forma de cataplasma para tratar pé-de-atleta, contusões, psoríase, inchaços e feridas. A Curcuma longa é acrescentada em cosméticos, principalmente na Ásia.

Na culinária, a raiz é consumida crua no sul da Índia. É usada em feijões, grãos, molhos picantes, maioneses e outros alimentos. Às vezes é usada para adulterar o gosto do Açafrão, vez que sua cor é semelhante, porém, a Curcuma longa tem um sabor um pouco mais forte. Usada em quantias pequenas, age como um coloral amarelo na comida. Cozinhar a Curcuma junto com outros alimentos, ajuda na digestão de gorduras e proteínas. A Curcuma nos alimentos ajuda a preservá-los por mais tempo.

Algumas pessoas podem ter erupções cutâneas de pele ou fotossensibilidade ao usarem a Curcuma.

A Curcuma é nativa do sul da Ásia. O nome do gênero, Curcuma, é uma palavra de origem árabe, “kurkum”, que significa Açafrão, em referência a cor da Curcuma. O nome da espécie Turmeric, significa em latim “Medieval”. Na Índia se atribui a uma mulher com pele adorável e aveludada o consumo de Curcuma longa.

Para que serve e benefícios 

As principais propriedades da cúrcuma são a sua ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva e, por isso, esta planta tem vários benefícios para o corpo, como:

·         Melhorar a digestão;

·         Ajudar na perda de peso;

·         Combater resfriados e gripes;

·         Evitar crises de asma;

·         Desintoxicar e tratar problemas de fígado;

·         Regular a flora intestinal;

·         Eliminar vermes intestinais;

·         Estimular o sistema imune;

·         Aliviar inflamações da pele, como eczema, acne ou psoríase.

Além disso, a cúrcuma pode ser utilizada para diminuir os níveis de colesterol no sangue, inibir a formação de coágulos e aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual.

O princípio ativo da cúrcuma é a curcumina, que vem sendo estudada para ser usada em forma de gel ou pomada para tratar feridas na pele, como queimaduras, porque tem apresentado ótimos resultados nos estudos científicos.

Confira estas dicas no vídeo seguinte:

Como usar 

A parte mais utilizada da cúrcuma é o pó da sua raiz, para temperar comidas, mas também pode ser consumida na forma de cápsulas. Além disso, as suas folhas podem ainda ser utilizadas na preparação de alguns chás.

·         Infusão de cúrcuma: Colocar 1 colher de café de pó de cúrcuma em 150 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Depois de amornar, beber até 3 xícaras por dia no intervalo das refeições;

·         Cápsulas de cúrcuma: geralmente a dosagem recomendada é de 2 cápsulas de 250 mg a cada 12 horas, totalizando 1 g por dia, no entanto, a dosagem pode variar de acordo com o problema a tratar;

·         Gel de cúrcuma: Misturar uma colher de sopa de babosa com o pó de cúrcuma e aplicar sobre as inflamações da pele, como psoríase.

Veja como usar a cúrcuma em remédio caseiro para artrite reumatoide ou remédio caseiro para triglicerídeos altos.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais da cúrcuma estão relacionados com sua utilização excessiva, podendo causar irritação no estômago e enjoo.

Quem não deve usar

Apesar de ter vários benefícios para saúde a cúrcuma está contraindicada em pacientes que estejam tomando remédios anticoagulantes e com obstrução das vias biliares devido à pedra na vesícula. A cúrcuma na gravidez ou lactação só deve ser utilizada sob orientação médica.

 

VN:F [1.9.7_1111]