Voltar ao menu principal

CARVALHO CASCA

 

 Formas de Pagamento

 


Veja detalhes do pagamento

 

Resultado de imagem para carvalho chá" http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRutghAsRZ9ORn-MVz6_Jnsr5bdTe5SL1BqdxnizA5V4y7G43jqCw

Resultado de imagem para carvalho casca para que serve"

Resultado de imagem para carvalho chá"

 
Nome científico: Quercus Robur

Da família das Fafáceas, é rica em gálicos e tanino, sendo indicada em casos de hemorragias, gengivas inflamadas e sangrentas. Seu tronco forte é coberto por uma casca rugosa riquíssimas em
Propriedades curativas. O chá é recomendado para diarréias, e na forma de banho para aliviar hemorróidas e fissuras, tanto do ânus como do bico dos seios.
 

CARVALHO-VERMELHO


Nome científico Quercus robur L.

Família: Fabaceae.

Sinônimos botânicos: Quercus pedunculata Ehrh., Quercus robur subsp. eurobur A. Camus.

Outros nomes populares: oak bark (inglês), roure pènol (espanhol), chêne pédonculé (francês), farnia (italiano).

Constituintes químicos: ácido pirolágico, catequinas, isopreno, quercetina, quercitrina, catequinas, tanino.

Propriedades medicinais: adstringente, antidiarréica, antiinflamatória, antioxidante, desinfetante, vulnerária.

Indicações: diarréia, dores articulares cervicais, dores osteomusculares, fissuras (ânus, bico do seio, frieiras), gengivas inflamadas e sangrentas, hemorragias, hemorróidas, pele (doenças, micoses), prevenção de envelhecimento precoce, rugas.

Parte utilizada: frutos e casca dos ramos novos, colhidos na primavera, quando a casca é lisa, brilhante, rica em seiva e se separa facilmente da madeira.

Contra – indicações cuidados: o uso externo é contra-indicado em peles danificadas e portadores de eczemas graves; o uso interno ou externo em portadores de desordens febris e infecciosas e insuficiência cardíaca.
Pode causar irritação da pele.

Modo de usar:
- decocção de uma colher de café de casca esmagada por chávena de água:
- uso interno: diaréia. Tomar duas a três vezes por dia.
- uso externo banho: frieiras, queimaduras, fissuras, frieiras, hemorróidas, doenças da pele, hemorragias, gengivas inflamadas e sangrentas;
- uso externo compressas quentes: dores osteomuscular, articular cervical.
- decocção de 500 g de casca para 4 litros de água: transpiração excessiva dos pés

Aplicações e benefícios

Com suas cascas pode ser feito um chá que é eficaz como depurativo, cicatrizante de úlceras, combatente da diabetes, hemorragias, anemia, enfermidades do fígado e diarreia. Rica em taninos, a casca do carvalho possui propriedades adstringentes e anti-inflamatórias e é um excelente estimulante para a digestão.  Além disso, pode-se usar o chá para gargarejos, aplicação eficaz contra estomatite, faringite e gengivas inflamadas. A solução também pode ser aplicada com cotonetes nas narinas para parar o corrimento nasal, e o banho de assento combate as hemorroidas, eczema e infecções vaginais ou anais. Outra aplicação, feita com as cascas em pó, é nos pés, para evitar o suor e o cheiro desagradável.

O preparo do chá de carvalho

O chá de carvalho deve ser preparado com a proporção de duas colheres de sopa das cascas para cada 0,5 L de água. Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Em seguida, adicione as cascas e deixe cozinhar até ferver. Quando a mistura alcançar fervura, marque 15 minutos e, após esse período, desligue o fogo. Tampe o recipiente e deixe repousar por aproximadamente 10 minutos, em seguida coe e consuma. A medida indicada é de duas a três xícaras ao dia.

Para gargarejo, use a proporção de três colheres de sopa de casca de carvalho para cada duas xícaras de água. Coloque a água e as cascas em um recipiente e leve ao fogo. Deixe ferver por aproximadamente 15 minutos e então coe. O gargarejo deve ser feito de três a quatro vezes ao dia.

O banho de assento é preparado com a proporção de três colheres de sopa de casca de carvalho para meio litro de água. Ferva a casca por aproximadamente 15 minutos e coe em seguida. Coloque a mistura em um recipiente em que você consiga se sentar, e permaneça nela por cerca de dez minutos. O tratamento deve ser feito todos os dias, de manhã e de noite.

Recomendações

É importante que sejam respeitadas as indicações de uso, inclusive da quantidade diária. O consumo excessivo do chá pode ocasionar mal-estar gástrico.