Voltar ao menu principal

CARRAPETA VERDADEIRA

Resultado de imagem para carrapeta arvore" 

 

Resultado de imagem para carrapeta arvore"

Resultado de imagem para carrapeta arvore"

Resultado de imagem para carrapeta arvore                         

CARRAPETA-VERDADEIRA

(Guarea trichilioides L.). Planta essencialmente medicinal. É árvore regular, medindo até 20m de altura e 50cm de diámetro, casca cinzenta, lisa e pouco fendida, espessa; ramos vermelho-escuros, lenticelados e glabros folhas de 40cm pecioladas, abrupto-pinadas, 6-10 jugos, compostas de folíolos opostos, curto-peciolados, elípticos ou obovado-oblongos ou oblongo-lanceolados, curto-agudo-cúspides no ápice e agudos na base, até 30cm de comprimento e 8cm de largura, com 12-14 nervuras alternadas, glabros ñas duas páginas quando adultos.

Gitó-carrapeta \u2013 bilreiro: É de hábito ritualístico empregá-la em banhos de limpeza e purificação dos filhos do orixá a que se destina. O povo indica na cura de moléstia dos olhos. Não aconselhamos o uso interno.

 

Gitócarrapeta - Sua utilização se restringe ao uso litúrgico e ritualístico. É largamente empregada nos banhos de limpeza e purificação do orixá. Usada também em banhos de cabeça para desenvolver a vidência, audição e intuição.

Guarea guidonia, conhecida popularmente como carrapeta-verdadeira, entre outros nomes[1], é uma planta da família das meliáceas que se distribui desde a Costa Rica e Panamá até ao Paraguai e Argentina. Ocorre nas matas de quase todo o Brasil, sendo abundante na Amazónia, até ao Rio de Janeiro. Chega a atingir 25 a 30 metros de altura e 1 metro de diâmetro de tronco à altura do peito de um homem. A sua casca é utilizada para fins medicinais, tendo propriedades vermífugasfebrífugaslaxantes e adstringentes. A sua madeira, branca, é muito valorizada. A sua folhagem é densa. As folhas são penadas, com 8 a 20 folíolos verde-escuros que podem chegar até aos 30 cm e dispõem-se alternadamente. As flores são brancas e dispõem-se em panículas pilosas em forma de pirâmide. Os frutos são cápsulas globosas, amareladas, com sementes avermelhadas. Tem recebido vários nomes científicos[2].