image002

VOLTAR A PAGINA PRINCIPAL

CAMBUI

 

 

Formas de Pagamento

 


Veja detalhes do pagamento

 

 http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRutghAsRZ9ORn-MVz6_Jnsr5bdTe5SL1BqdxnizA5V4y7G43jqCw

Combata o diabetes e outras doenças com o chá de cambuí

Cambuí

Também chamada de insulina-vegetal, a planta é pouco conhecida, mas suas utilizações acabam por dar uma "boa fama" à erva

ertencente a família das Myrtaceae e tendo como nome científico myrcia sphaerocarpam, a cambuí é mais uma planta que pode ser usada no tratamento de problemas que atingem à saúde humana.

Também chamada de insulina-vegetal, pedra-ume-kaa ou pedra-hume-caá, a planta ainda é pouco conhecida, mas suas utilizações acabam por dar uma “boa fama” à erva. Confira agora mesmo:

Propriedades medicinais

Adstringente;

Antidiabético;

Antisséptico;

Hipoglicemiante.

Efeitos benéficos

Através das propriedades medicinais indicadas anteriormente, a cambuí é indicada para controlar as taxas de colesterol ruim, bem como manter a diabetes normalizada. Ainda pode ser usada no tratamento de diarreia, problemas renais e hemorroidas.

Além disso, a planta serve como um método de emagrecimento seguro, basta associá-la a uma alimentação equilibrada e à prática de exercícios físicos. Mas os benefícios da cambuí não param por aqui, tendo em vista que ela ainda é considerada uma aliada das mulheres, eliminando inflamação de útero e de ovário.

Como preparar cambuí?

Use as folhas desta erva para preparar um chá específico para a diabetes. Neste caso, a proporção da receita é uma colher (de sobremesa) das folhas picadas e uma xícara de água fervente. Misture os dois ingredientes e tampe o recipiente. Aguarde por 10 minutos e após o tempo determinado, a infusão estará pronta para ser consumida.

Outra forma de usar o cambuí é através da decocção de suas cascas. Separe um punhado destas partes e, em pilão, quebre em pequenos pedaços. Por fim, adicione em uma panela

Contraindicações do uso

É preciso desmistificar a ideia de que produtos naturais, por estarem livres de intervenções químicas, são ideais para todos os tipos de organismo. Esta afirmativa está totalmente equivocada, tendo em vista que existem algumas pessoas que não podem fazer uso destes produtos devido as substâncias encontradas neles serem nocivas para seus corpos.

Desta forma, vale salientar que cambuí não é indicado para grávidas, mulheres que estão no período de amamentação e crianças. Além disso, é imprescindível ressaltar que todo e qualquer tratamento deve ser feito com o acompanhamento médico, independentemente das condições e idade do paciente.

CAMBUI

Myrcia sphaerocarpa

Descrição : Planta da família das Myrtaceae. Também conhecida como insulina-vegetal, cambuí, pedra-ume-kaa, pedra-hume-caá. Tem aparência de cobra. Abunda nos catingais. Sua casca é parda, sua folhagem é miúda, em pal-minhas, de ramagem bem disposta, com muitas flores brancas, pequenas. Dá pequenas vagens chatas, pardas, de sementes pequeninas. Floresce em maio. Perde as folhas entre o outono e o inverno, ficando seus ramos em completa nudez.

Princípios Ativos: beta-amirina, eucaliptina, glucosídios flavanone, mircina, sesquiterpenos, terpenos, taninos.

Propriedades medicinais: adstringente, antidiabético, hipoglicemiante.

Indicações: colesterol, diabete, diarréia, dieta para emagrecimento, enterite, problemas renais, hemorróidas, inflamação de útero, ovário.

Parte utilizada: folhas, casca, raiz.

Contra-indicações/cuidados: não é aconselhado uso para crianças

Efeitos colaterais: não encontrados na literatura consultada, porém pessoas com intestino preso podem ter seu poblema agravado.

Modo de usar:
- infusão ou decocção de uma colher das de sobremesa de toda a planta, picada, em uma xícara das de chá de 4 a 8 vezes ao dia: diabete.
Nota: no caso de usar só folhas faça por infusão. Cascas e raiz por decocção

Combata o diabetes e outras doenças com o chá de cambuí

Você conhece cambuí? Tal planta, apesar de ser pouco popular, possui propriedades medicinais para combater algumas doenças que afetam o corpo humano.