Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\Ervas Londrina\index_arquivos\image002.jpg

Voltar ao menu principal

CAMBUI

 

Formas de Pagamento

 


Veja detalhes do pagamento

 

 Descrição: http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRutghAsRZ9ORn-MVz6_Jnsr5bdTe5SL1BqdxnizA5V4y7G43jqCw

CAMBUI

Myrcia sphaerocarpa


Descrição : Planta da família das Myrtaceae. Também conhecida como insulina-vegetal, cambuí, pedra-ume-kaa, pedra-hume-caá. Tem aparência de cobra. Abunda nos catingais. Sua casca é parda, sua folhagem é miúda, em pal-minhas, de ramagem bem disposta, com muitas flores brancas, pequenas. Dá pequenas vagens chatas, pardas, de sementes pequeninas. Floresce em maio. Perde as folhas entre o outono e o inverno, ficando seus ramos em completa nudez.

Princípios Ativos: beta-amirina, eucaliptina, glucosídios flavanone, mircina, sesquiterpenos, terpenos, taninos.

Propriedades medicinais: adstringente, antidiabético, hipoglicemiante.

Indicações: colesterol, diabete, diarréia, dieta para emagrecimento, enterite, problemas renais, hemorróidas, inflamação de útero, ovário.

Parte utilizada: folhas, casca, raiz.

Contra-indicações/cuidados:
não é aconselhado uso para crianças

Efeitos colaterais:
não encontrados na literatura consultada, porém pessoas com intestino preso podem ter seu poblema agravado.

Modo de usar:
- infusão ou decocção de uma colher das de sobremesa de toda a planta, picada, em uma xícara das de chá de 4 a 8 vezes ao dia: diabete.
Nota: no caso de usar só folhas faça por infusão. Cascas e raiz por decocção
 

Pedido Fone 43 3325 5103