Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\Ervas Londrina\arnica_arquivos\image002.jpg

Voltar ao menu principal

Betula Pendula Roth

 

 Formas de Pagamento

 


Veja detalhes do pagamento

 

 

Nome científico: Betula pendula Roth.

Família: Betulaceae.

Sinônimos botânicos: Betula platyphylloides V. Vassil., Betula procurva subsp. lipskyi (V. Vassil.) Ovcz., Betula pseudopendula V. Vassil., Betula talassica Poljakov., Betula verrucosa.

Outros nomes populares: bétula-branca, vidoeiro; hänge-birke (alemão), bouleau (francês), european white birch, silver birch (inglês), bettula verrucosa, barancio (italiano).

Constituintes químicos: ácido ascórbico, ácidos fenóis-carboxílicos, betulabina, canferol, catequina, fitócitos, galactosídeos, glicosídeos quercetínicos, hiperosídeo, miricetina, quercitrina, princípios amargos, resinas, sesquiterpenos, triterpenos.

Propriedades medicinais: adstringente, anti-seborréica, anti-séptica, aromática, cicatrizante, desinfetante, diurética, estimulante, laxante, lipolítica, sudorífica, tônica.

Indicações: bexiga, cálculo renal, calvície, caspa, celulite, dores musculares e articulares, eczemas, irritação da pele, peles rachadas, psoríase, queda de cabelo, reumatismo, seborréia, vias urinárias.

Parte utilizada: brotos, folhas, óleo essencial (extraído do broto das folhas), sementes.

Contra-indicações/cuidados: não encontrados na literatura consultada.
Podem ocorrer reações alérgicas, efeito anticoagulante.

Modo de usar:
- infusão de uma a duas colheres de folhas cortadas por chávena de água. Adicionar uma pitada de bicarbonato de sódio. Beber duas vezes por dia;
- banhos da decocção das folhas de bétula: refrescante, reumatismos;
- em combinação com a flor de tília: sudorífica;

Pedido Fone 43 3325 5103