Voltar ao menu principal

BAMBURAL

O bamburral é um arbusto nativo da caatinga brasileira e trata reumatismo

 

Resultado de imagem para bambural ervas medicinais"

Resultado de imagem para bambural ervas medicinais"

Resultado de imagem para bambural ervas medicinais"

 

Bamburral

Essa planta é nativa da caatinga brasileira

Bamburral, de nome científico Hyptis umbrosa, é uma planta pertencente à família das Lamiaceae, também conhecida como moleque duro e maria-preta.

É nativo da região Nordeste do Brasil, nas áreas de caatinga, sendo bastante utilizada para embelezar os jardins em todo o território brasileiro.

Além de sua função ornamental, o bamburral também é usado para curar problemas do aparelho digestivo e reumatismo em idosos.

Características do bamburral

O bamburral é um arbusto perene e ereto que apresenta folhas elípticas, ovadas ou cordiformes, flores roxas em espigas e um pequeno fruto capsular.

Trata-se de uma planta ramificada com ramos lenhosos e que alcança até dois metros de altura, mas quando são cultivadas em jardins, pode chegar apenas até um metro e meio.

As folhas do bamburral são simples e medem até um centímetro de comprimento; são ásperas na parte de cima e apresentam uma coloração verde vivo, porém, na parte de baixo, é verde esbranquiçada.

Os componentes desta planta incluem as quinonas, triterpenoides, homosesquitriterpenoides e benzopirano.

Propriedades medicinais e indicações de uso

Dentre as propriedades medicinais do bamburral estão a sua ação carminativa, antirreumática, bactericida, digestiva, estimulante, expectorante, sudorífica, tônica e estomáquica.

Todas as partes da planta são utilizadas e ela é indicada para tratar reumatismo, dores na coluna, dores de cabeça, indisposições do sistema digestivo e miriase nasal e articular.

Devido às suas várias propriedades medicinais, o bamburral também é benéfico no tratamento da artrite, desnutrição, gota, raquitismo e esgotamento mental.

Como o bamburral é utilizado?

Em diversas regiões do Brasil, o bamburral é bastante utilizado como planta ornamental, além de usado para fins terapêuticos. As folhas da planta são utilizadas para preparar um chá, ou as folhas juntamente com os ramos para fazer a decocção.

Existe, ainda, o xarope feito com as folhas da planta, no entanto, a maneira mais utilizada para aproveitar os benefícios do bamburral é o chá feito com as folhas.

O xarope com açúcar fervido no chá das flores da planta é útil para tratar desnutrição infantil e dores nas articulações.

Contraindicações

Não foram encontradas contraindicações na literatura consultada, mas lembre-se que todo produto natural também só deve ser utilizado sob orientação de um especialista.

Bamburral, arbusto repleto de propriedades para a saúde

Ela habita locais úmidos, pantanosos; além de reunida em mais de 20 espécies e conhecida também por moleque duro.

Produz flores roxas, preferidas pelos insetos, na forma de espigas, cujo fruto é capsular pequeno. Ela é preferida pelas abelhas, que fabricam um excelente mel com suas flores.

Ele é comumente encontrado em pântanos ou lugares úmidos, ocorre no Brasil do nordeste ao sudeste. Encontrado ainda em jardins e canteiros.

https://www.coisasdaroca.com/wp-content/uploads/2018/12/Bamburral-1-300x249.jpg

Bamburral (foto coisadecearense.com.br)

Propriedades terapêuticas

O arbusto é rico em propriedades terapêuticas tais como carminativa, antirreumática, bactericida, digestiva, estimulante, expectorante, sudorífica, tônica e estomáquica.

Serve para quê?

Ela é usada, na medicina popular, em forma de chá, extrato ou xarope, para males da digestão, para a saúde das vias respiratórias, dores nas articulações e tosses.

O xarope produzido com a planta é fervido com suas flores para amenizar a desnutrição infantil.

Onde encontrar?

Bamburral (foto https://www.saudedr.com.br)

Bamburral (foto https://www.saudedr.com.br)

Ela é encontrada em jardins e canteiros, além de comercializada em sites e farmácias de manipulação.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.