Voltar ao menu principal

BABOSA

Benefícios da Babosa para a pele e cabelo (e como usar)

 

Benefícios da Babosa para a pele e cabelo (e como usar)

Benefícios da Babosa para a pele e cabelo (e como usar)

Resultado de imagem para babosa"

Nome Científico: Aloe vera Família: Liliaceae Outros Nomes Populares: aloé, babosa, babosa-grande, babosa-medicinal, erva-de-azebre, caraguatá, caraguatá-dejardim, erva-babosa, aloé-do-cabo1 . Usos: Possui ação cicatrizante, antibacteriana, antifúngica e antivirótica7 . É preparado na forma de gel, aplicando nas áreas afetadas 1 a 3 vezes por dia3 . Parte Utilizada: gel mucilaginoso das folhas8 . Plantio: Cresce em solo seco e arenoso e não exige muita água1 . Se desenvolve melhor em clima seco, mas também aceita o úmido. Deve-se regar pouco no verão, de modo que o solo fique quase seco entre uma rega e outra, e menos ainda no inverno, o suficiente para que as folhas não ressequem. A melhor época para ser fertilizada é no outono, e seu plantio pode ocorrer durante todo o ano4, 9

Coleta e Conservação: Cortar as folhas frescas na base e colocar em um recipiente para escorrer o suco amarelo, que deve ser seco ao sol. Durante a secagem, a sua cor se altera de amarelo para vermelho para, quando secar, ficar escura. O bloco formado deve ser armazenado em vidros fechados. Após a extração do suco amarelo, retirar a casca da folha e a polpa branca deve ser fatiada e colocada em uma vasilha de louça ou vidro. Guardar ao abrigo da luz solar, calor, pó e umidade, ou em geladeira4 .

Princípios Ativos: Glicosídeos antraquinônicos (em especial a aloína); mucilagem constituída de um polissacarídeo de natureza complexa, o aloeferon; taninos10 . Observações: • A mucilagem composta de um polissacarídeo de natureza complexa (aloeferon) possui atividade fortemente cicatrizante. O aloeferon em conjunto com as antraquinonas forma um complexo com ação antimicrobiana sobre bactérias e fungos1 . • Seu uso interno não é recomendado, pois possui uma série de compostos antraquinônicos que possuem alta toxicidade quando ingeridos em altas doses. Deste modo, chás, xaropes e entre outros remédios preparados podem causar grave crise de nefrite aguda quando tomados em doses mais altas que as recomendadas, provocando, especialmente em crianças, intensa retenção de água no corpo que pode ser fatal1, 7 .

Benefícios da Babosa para a pele e cabelo (e como usar)

A babosa é uma planta medicinal, também conhecida como Aloé vera, Caraguatá, Erva babosa, Babosa de botica ou Babosa de jardim, que pode ser utilizada em diferentes cuidados de beleza, especialmente para melhorar a saúde pele ou do cabelo.

O seu nome científico é Aloe vera e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e algumas feiras livres e mercados. Além disso, esta planta pode ainda ser facilmente cultivada em casa, pois não precisa de cuidados especiais.

Como passar no cabelo

A babosa pode ser usada no cabelo para obter os seguintes benefícios:

1. Tratar a queda de cabelo

A babosa ajuda na produção de colágeno e, por isso, ajuda a fixar melhor os fios de cabelo no couro cabeludo. Além disso, por possuir minerais e água, fortalece todo o fio, tornando-o mais forte e menos quebradiço.

Como usar: juntar 2 colheres (de sopa) de gel de babosa com 2 colheres (de sopa) de óleo de coco, misturar bem e aplicar sobre todo o cabelo. Deixar atuar por 10 a 15 minutos e depois remover com água fria e shampoo. Este processo apenas deve ser repetido 1 vez por semana.

2. Hidratar o cabelo e estimular o crescimento

A babosa possui enzimas que ajudam a remover as células mortas do couro cabeludo, além de ser uma ótima fonte de hidratação e minerais para os fios e couro cabeludo. Dessa forma, o cabelo cresce mais rápido e forte.

Como usar: juntar 2 claras de ovo com 2 a 3 colheres de sopa do gel interior das folhas da babosa, misturar bem e aplicar sobre o cabelo, garantindo que as raízes ficam bem cobertas. Esperar 5 minutos e remover com água fria e shampoo.

Confira outras dicas para o cabelo crescer mais rápido.

3. Eliminar a caspa

Por conter enzimas que eliminam as células mortas, a babosa, é uma planta que pode ser usada no tratamento da caspa, uma vez que a caspa é formada por placas de células mortas.

Como usar: misturar 2 colheres (de sopa) de gel de babosa com 1 colher (de sopa) de mel e 2 colheres (de sopa) de iogurte natural. Usar a mistura para massagear o couro cabeludo por cerca de 15 minutos e, depois, deixar repousar por 30 minutos. Por fim, lavar o cabelo com uma shampoo anti caspa. Esta máscara deve ser feita apenas 1 vez por semana.

Como usar na pele

A babosa pode ainda ser utilizada em toda a pele, no entanto, seus benefícios são especialmente importantes no rosto, para:

1. Remover a maquiagem

A babosa é uma forma natural de remover a maquiagem da pele, pois não utiliza químicos e hidrata a pele, ao mesmo tempo que alivia a irritação provocada pelas substâncias da maquiagem.

Como usar: colocar um pouco do gel da folha da babosa em um pedaço de algodão e, depois, esfregar levemente sobre as regiões do rosto com maquiagem. Por fim, lavar o rosto com água morna e um sabão neutro.

2. Combater as rugas

Esta planta possui propriedades que estimulam a produção de colágeno pela pele, que é a substância responsável por manter sua elasticidade. Assim, quando utilizada regularmente, a babosa pode diminuir a profundidade das rugas e até eliminar algumas marcas de expressão, nos olhos, testa ou boca.

Como usar: aplicar, com os dedos, uma pequena porção de gel de babosa sobre os locais das rugas e marcas de expressão, como o canto dos olhos, ao redor dos lábios ou na testa. Fazer uma leve massagem sobre esses locais e deixar atuar por 5 a 10 minutos. Por fim, remover com água fria e um sabão neutro.

3. Limpar as camadas profundas da pele

A babosa funciona como uma excelente base para um esfoliante pois além de hidratar a pele, fornece oxigênio importante para manter as células mais profundas fortes.

Como usar: misturar 2 colheres (de sopa) de gel de babosa com 1 colher (de sopa) de açúcar ou bicarbonato de sódio. Depois, esfregar a mistura no rosto ou em outras partes mais secas da pele, como cotovelos ou joelhos, por exemplo. Remover com água e um sabão neutro e repetir 2 a 3 vezes por semana.

Outros benefícios da babosa

Além de ser uma ótima aliada para a saúde do cabelo e da pele, a babosa também pode ser usada para tratar problemas como dor muscular, queimaduras, feridas, gripe, insônia, pé de atleta, inflamações, prisão de ventre e problemas digestivos.

Quem não deve usar babosa

O uso interno da babosa está contra indicado para crianças, grávidas e durante a amamentação, assim como em pacientes com inflamações no útero ou ovários, hemorroidas, fissuras anais, pedras na bexiga, varizes, apendicite, prostatite, cistite, disenterias e nefrite.

É também muito importante que se verifique se a babosa é do tipo Barbadensis miller, pois esta é a mais indicada para o uso humano, sendo que as outras podem ser tóxicas e não devem ser consumidas.